Plataforma Digital realiza o encontro regional “Somos a resistência” com as mulheres políticas do Sudeste

7 de agosto de 2020 0
por PSDB Mulher Nacional

Plataforma Digital do PSDB-Mulher 2020 realizou, nesta quarta-feira (5/08),  o 4º evento que compõe a série de encontros com mulheres marcantes de todas as regiões do Brasil. Mediado pela coordenadora do PSDB-Mulher na Região Sudeste, Tiana Azevedo, “Somos a resistência” foi do nome do Encontro Regional da semana, agora com as líderes políticas do Sudeste.

Participaram do evento, a presidente Nacional do PSDB-Mulher, Yeda Crusius; a prefeita de Vespasiano (MG) e pré-candidata à reeleição, Ilce Rocha; pré-candidata à prefeitura de Paraíba do Sul (RJ), Eliane Cristina Almeida; a pré-candidata à vice-prefeita de Nilópolis (RJ), Andrea Castelo Branco Miranda; a vereadora e pré-candidata à prefeitura de Vitória (ES), Neuza de Oliveira; a presidente estadual do PSDB-Mulher em São Paulo e pré-candidata à prefeitura de Araraquara (SP), Edna Martins; e a prefeita de Paraguaçu Paulista (SP), Almira Garms.

Porque somos resistentes?

Inicialmente, a coordenadora do PSDB-Mulher na Região Sudeste, Tiana Azevedo explicou as razões que motivaram o nome do encontro.

Porque somos resistentes? Por que queremos uma sociedade mais igual; educação de qualidade com tempo integral e creche para todas as crianças que precisam; uma cidade menos violenta; todos os brasileiros fora da margem da pobreza; a inclusão para quase os 40 milhões de brasileiros à margem da sociedade; saneamento básico para todas as pessoas; segurança pública e infraestrutura básica; maior representatividade nas casas legislativas; mais mulheres na política, mais espaços nos partidos e 50% das cadeiras no parlamento”.

Acompanhando ao vivo, a presidente de honra do segmento, Solange Jurema, deixou um comentário.

“​Parabéns mulheres que participaram dessa live. Vocês representam muito bem as mulheres tucanas! Parabéns Tiana, pela coordenação”.

PSDB em apoio às candidaturas femininas

presidente Nacional do PSDB-Mulher, Yeda Crusius, afirmou que o encontro virtual das mulheres do Sudeste representou quase que a metade do Brasil em termos populacionais. “Nesses estados do Sudeste, é onde temos o maior número de prefeituras

. Minas Gerais é gigante, é quase um continente. Mas também temos os maiores problemas. A vida começa nas cidades e está nas cidades”.

Yeda Crusius enfatizou que o apoio do PSDB Nacional para aumentar as candidaturas femininas é fundamental.

Essa eleição é muito importante, e tem que ser transformadora se o partido continuar acordando para ser diferente dos outros partidos naquilo que tange a priorizar a eleição de mais mulheres na política. Isso lá em 2018 nós fizemos e o resultado todos conhecem. A bancada das mulheres dobrou na Câmara dos Deputados e nos elegemos a senadora Mara Gabrilli”.

Para a presidente Nacional do PSDB-Mulher, idealizadora do projeto de capacitação das candidatas tucanas, o comitê eleitoral das mulheres de todo o Brasil é a Plataforma Digital.

Peço que vocês acessem o www.plataformapsdbmulher2020.com.br e conheçam os cinco pilares. Esses cinco pilares carregam uma enorme ponte entre o que nós fomos e o que nós vamos vir a ser. Mobilizem nossas redes para participar. (…) Nós estamos oferecendo às pré-candidatas o que elas precisam para fazer campanha, uma forma de como usar o mundo virtual. Eleição é emoção. Nós preparamos um ensino à distância que escolas e faculdades ainda não têm. O PSDB-Mulher tem. Está na Plataforma. São seis módulos que irão nortear a sua campanha. Agosto é o mês do EAD. Só vamos ter espaço de poder garantido quando mais gente tiver escrita no curso de capacitação”.

Segundo ela, a Plataforma faz história em 2020 e é democrática, já que todos os eventos estarão disponíveis de forma permanente na internet. Yeda relembra que em 2018, o PSDB-Mulher atendeu 300 candidatas. Em 2020, a previsão é 10 mil. Num contexto de pandemia, o processo eleitoral deste ano já está sendo diferente e virtual.

O mundo mudou e vai mudar muito. A saída dessa crise sanitária do coronavírus ninguém sabe como vai ser. Valorizemos as mulheres. Quem cuida é a mulher. Somos maioria absoluta, mas minorias no poder. Vamos acordar as pessoas pra dizer que enquanto o mundo tiver esse tipo de desigualdade, não é porque queremos postos de poder, é porque se perde o nosso jeito de cuidar”.

Com duração de 2h, o encontro contou com mais de 440 visualizações. Todas as participantes responderam perguntas ao vivo para mulheres pré-candidatas de todas as regiões do Brasil, como Nova Marilândia/MT, Campos/RJ, Pilar do Sul/SP, dentre tantas outras cidades.

Se você perdeu o Encontro Regional, não tem problema! Assista a íntegra no site www.plataformapsdbmulher2020.com.br ou por meio do Canal Oficial da Plataforma no Youtube https://youtu.be/yKCJaMcUK1g.


Deixe uma resposta »