Tucanas defendem expansão do acesso à internet. Um quarto dos brasileiros não têm acesso à rede

28 de julho de 2020 0
por PSDB Mulher Nacional
Foto: Agência Brasil

Um a cada quatro brasileiros não têm acesso à internet, somando um total de 46 milhões de pessoas. Os dados são do IBGE, referentes ao ano de 2018. O problema é ainda mais grave nas zonas rurais, onde mais de metade das pessoas (53,5%) não tem acesso à rede. Por isso, neste ano, as mulheres do PSDB trouxeram como uma das bandeiras de destaque a expansão do acesso à internet no país.

A presidente de honra do PSDB-Mulher, Solange Jurema, salientou o impacto que a falta de acesso à internet tem feito durante a pandemia. “Percebemos durante a pandemia, por exemplo, que as escolas particulares puderam dar aos seus alunos aulas via internet. As escolas públicas não conseguiram agir com essa mesma facilidade e rapidez”.

De acordo com o IBGE, 41,6% das pessoas sem acesso à internet afirmaram que não o fazem por não saber usá-la, 34,6% dizem não ter interesse, 11,8% consideravam o serviço caro e 5,7% não possuíam equipamento necessário para navegar na web por considerá-lo caro. O rendimento médio per capita dos domicílios em que havia acesso à rede (R$1.769) foi quase o dobro dos que não utilizavam a rede (R$ 940).

Além disso, 4,5% dos brasileiros não contam com o fornecimento de tal serviço na região onde moram, portanto não podem acessar a rede mesmo que queiram. Na região Norte, esse número chega a 13,8% da população. “Isso agrava a desigualdade mais uma vez, através da aula que não chega para aqueles que não podem ter internet em casa e para aqueles que não podem ter as suas aulas como os alunos de escolas particulares. Essa é uma diferença muito cruel”, ressaltou Solange.

Quase metade dos serviços públicos não estão disponíveis virtualmente. Segundo dados do Governo Federal, 1,8 mil serviços podem ser acessados, sendo que 548 deles foram disponibilizados desde janeiro do ano passado.

 


Deixe uma resposta »